Estado de emergência: fecho do comércio e teletrabalho na agenda do Governo

Na sequência do decreto de estado de emergência que saiu ontem de Belém para encetar o combate à pandemia de covid-19, o Conselho de Ministros encontra-se esta manhã a discutir as medidas concretas que irão vigorar até pelo menos 2 de abril. A reunião decorre no Palácio da ajuda, em Lisboa, sendo esperadas conclusões por volta da hora do almoço. A possibilidade de imposição do recolher obrigatório ou confinamento compulsivo (no domicílio ou estabelecimento de saúde) é uma incógnita que terá uma resposta esta quinta-feira.Os titulares das várias pastas do executivo estão reunidos com o primeiro-ministro na Ajuda para acertarem o mecanismo do estado de emergência nas suas componentes concretas, as medidas que definem as regras de convivência dos portugueses e do funcionamento das estruturas económicas e sociais nas próximas semanas, até 2 de abril, na luta que se está a travar para parar a pandemia do novo coronavírus.

Esta quinta-feira está de qualquer forma marcada por uma situação particular, já que é a primeira vez que vigora o estado de emergência em Portugal desde o 25 de Novembro. Nessa data, chegou mesmo a haver estado de sítio, uma variante mais extrema do estado de emergência. Nas suas alocuções ao país, ouviu-se do primeiro-ministro e do presidente da República a ideia de que não há aqui uma suspensão da democracia e que o país não está fechado nem irá parar.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: